Memórias Afetivas

Tenho certeza que toda família tem aquela receita de família que remete “para tempos que não voltam mais”, em nossa família temos várias que nos remetem a pessoas, cheiros e gostos da infância, as mais emblemáticas são o Pavê da Vó Biga e o arroz doce da Vó Natércia, o pavê até hoje presente em todas as nossas reuniões familiares, só que atualmente feitas pela minha mãe ou tias, receita que apesar de simples até hoje me arrisquei fazer uma vez.

Confesso que quando criança era uma sobremesa que não me interessava muito, meu interesse era pelo Panetone que a minha Vó Biga fazia todos os Natais, não me esqueço do gosto e nem do cheiro que irradiava pelo prédio todo. Mas hoje aprecio muito esse doce e toda a história de amor e carinho que resistem ao tempo. Hoje a quarta geração de nossa família aguarda ansiosa a hora da sobremesa, hora do Pavê da Vó Biga.

Há um tempo lendo o livro na Cozinha com Carolina, da Carolina Ferraz, deparei com a receita do nosso amado Pavê, ela conta no livro que é uma receita da mãe dela que passou de mãe para filha e seu verdadeiro nome é Pavê JK, sendo moda em Minas Gerais, quando Juscelino inaugurou Brasilia, eu particularmente acho que essa receita deve ter se espalhado pelo Brasil na época, e sinto muito JK para mim continua sendo Pavê da Vó Biga.

A única palavra que posso definir a minha avó é AMOR, simples assim como era ela na sua imensa sabedoria em lidar com as pessoas, viveu para a família, já não está mais nesse plano, mas aonde quer que ela esteja olhando por nós, sua comida está fazendo um grande sucesso tenho certeza!!!! Ao digitar essa post vejo lidando da cozinha fazendo a feijoada dos domingos e falando para ligar no Clube para chamar o Tio Zé para almoçar que só estava faltando ele….Vó eternizada para sempre nesse simples pavê que passo a receita abaixo:

PAVÊ DA VÓ BIGA:

SERVE 6 A 8 PESSOAS

CREME: 1 lata de leite condensado, 03 gemas, 1 lata de leite ( use a lata de leite condensado de medida), 1 colher (chá) de amido de milho, algumas gotas de essência de baunilha.

Leve ao fogo o leite condensado, já misturado com o leite e as gemas. Quando levantar fervura, acrescente o amido de milho, dissolvido num pouquinho de leite, Por último acrescente a baunilha. Está pronto o creme,

RECHEIO: 1 pacote de biscoito champagne (180g), 1 xícara de leite, 6 colheres de sopa de achocolatado em pó.

Numa panela, misture o leite e o achocolatado e deixe ferver. Desligue e passe rapidamente os biscoitos, deixando que se molhem por alguns segundos de ambos os lados.

COBERTURA: 3 claras em neve em ponto suspiro, 5 colheres (sopa) de açúcar, 1 lata de creme de leite gelado sem soro.

Bata as claras em neve em ponto suspiro, então acrescente o açúcar e bata novamente até endurecer, misture com muita delicadeza o creme de leite.

MONTANDO O PAVÊ: Numa travesa de vidro retangular (ou redonda como preferir), coloque o creme, no meio uma camada de biscoito molhados no leite com achocolatado e por último acrescente a cobertura. Leve ao congelador, deixe durante a noite e no dia seguinte deixe descansar fora da geladeira uns 10 min. antes de servir.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.